GineHistória

O Cantinho da História

o pragmatismo romano no urbanismo 13 de Maio de 2009

Filed under: Uncategorized — filipa92 @ 20:04

 

     Os romanos sempre tiveram um enorme sentido prático, realista e virado para o concreto. Todas as coisas que estes faziam tinham que ter alguma utilidade. O Direito é considerado o expoente máximo do pragmatismo romano, pois revela um grande sentido de organização do povo romano e a sua capacidade de adequar a teoria à prática.

     A cultura romana teve várias influências, mas a mais marcante foi a influência grega. Os romanos imitaram a arte, a literatura, a filosofia e a religião gregas. Falar grego era para os romanos sinónimo de cultura.  À medida que o Império Romano crescia fundavam – se novas cidades e renovavam – se as antigas. A fundação de uma nova cidade era uma tarefa que implicava ter um planeamento muito cuidado. 

     A cidade organizava – se a partir de duas ruas principais, o cardo com a direcção norte – sul, e o decumanos, no sentido este – oeste. No cruzamento destas duas ruas principais, normalmente, encontrava – se o fórum que era uma grande praça pública e o centro administrativo e religioso das cidades romanas. No fórum encontravam – se os principais edifícios administrativos: a cúria e a basílica. Na cúria reunia – se o Senado, conselho de notáveis que governavam a cidade; na basílica havia reuniões de políticos, de homens de negócios e esta servia também de tribunal público.

     Em Roma os imperadores acrescentavam construções grandiosas ao fórum da cidade. Nas cidades romanas era visível o gosto pela monumentalidade não só nos edifícios utilitários, como também nas obras decorativas e comemorativas. As principais obras utilitárias que os romanos faziam eram: termas, bibliotecas, aquedutos, anfiteatros, sanitários públicos, sistemas de esgotos e vias de comunicação (pontes e estradas).

 

  

Pragmatismo – sentido prático; atitude que privilegia a utilidade e a eficiência como critérios de actuação.

Urbanismo – Ciência que trata do estudo e planificação do meio urbano. Os Romanos foram mestres do urbanismo e, nas cidades que criavam nada era feito ao acaso.

 

 

Realizado por:

Jessica Fraústo

Joana Marecos

Mariana Marcelino

Rita Coelho